sábado, 24 de setembro de 2011

Os Signos ( por Eduardo Aguiar) - Câncer

Mulher de Câncer

Ela é meio doida, qualquer coisa triste e surpreendentemente sábia. Não são extremistas como as geminianas, mas certamente sofrem, regularmente, de uma variação de humor pelo fato de que se ressentem fácil com as coisas. No entanto, se tem uma coisa que não muda na mulher de câncer é o seu senso de economia. São conhecidas no zodíaco pelo porquinho de segurança onde colocam moedas, convictas e determinadas. Escondem seu tesouro debaixo do colchão e ninguém nem desconfia que tem alguma coisa lá, tamanha é a modéstia dessas meninas. E é bem provável que a especulação monetária e o valor do câmbio sejam alguns de seus assuntos preferidos.
Mas não ache que por isso precisa lhe dar presentes caros. Pelo contrário, ela achará isso um exagero. A mulher de Câncer definitivamente não precisa de um homem de posses, só precisa que ele seja capaz de adquiri-las. Ajudará a consegui-lo, mas lhe deixará sozinho se tiver que gastá-lo. Boa notícia! O cartão de crédito não poderia estar em mãos menos perigosas que as delas.
Leve-a para ver o mar, a lua. Isso faz bem as nativas desse signo. Câncer é um signo lunar. Então esse cenário mexe seriamente com essas mulheres (algumas chegam a mudar de acordo com as fases da lua). É ali, num lugar que é delas e só delas (mesmo que seja tão grande quanto o mar), onde se desfazem da carapaça do carenguejo e a imensa infinidade de seus sentimentos respiram aliviados. E ai você vê como, apesar da aparente rigidez, a canceriana é inteiramente feita de água salgada. Pode ser de mar, pode ser de lágrima. Câncer é o signo mais emocional do zodíaco. A racionalidade de suas economias nada mais é que uma resposta ao seu desejo de segurança.
Das duas uma: quando elas estão apaixonadas ou são tão tímidas que parecem desinteressadas ou se insinuam de jeito delicado, feminino e enlouquecedoramente suaves. Mas dificilmente serão elas que tomarão a iniciativa. O caranguejo só anda para os lados. Até porque as cancerianas temem muito serem rejeitadas e aceitam sempre muito bem repetidas confirmações de afeto.
São donas de um conceito de amor muito raro e é realmente muita sacanagem brincar com o sentimentos dela que já são tão afetáveis. Esteja certo: uma vez que ela se sinta magoada e decepcionada, veste decidida a sua carapaça e você não sabe mais quem está do seu lado (isso se ela não está trancada na carapaça do quarto dela e só Deus sabe quando ela vai sair de lá). Magoá-la é extremamente fácil. Até se você disser que ela está bonita hoje, pode ser coisa ruim (sim, porque isso significa que ela estava feia ontem).
Cancerianas são assim. Dispostas a enfrentar o que for se você expressar sinceramente que está lá com ela e que ela é importante. Amarão alguém de um jeito dedicado, forte e profundo como o oceano dentro delas. Te fará rir, lhe oferecerá sergurança, bem como estará disposta a sair do caminho de casa e ver onde vai dar aquela estradinha de terra. Basta que você esteja lá.
Ah, e ultima coisa: nutra (ou disfarçe) um lindo afeto por sua sogra.

O Homem de Câncer

O nativo de Câncer certamente é um homem que leva a sério o antigo conselho de sua mãe de nunca falar com estranhos. Dificilmente você vai conseguir enxergar a alma de um canceriano nos primeiros contatos: ele estará muito fechado para isso. Eles são literalmente caranguejos, o símbolo do signo. Essa carapaça na qual se escondem é, aliás, elemento chave para entender esses carinhas.
Tem dias que o canceriano está recluso dentro de si próprio e você não vai conseguir arrancar muita coisa dele. E há também dias em que ele sai da carapaça deixando mostrar todo o esplendor dos sentimentos bons e genuínos que possui dentro de si. Eles correspondem a típica expressão da pessoa que "é de lua". Mas não é uma variação de personalidade tal qual a do geminiano, nem os extremos de abuso do ariano... Com os cancerianos é sempre uma questão de humor que o afeta de um jeito hoje e de outro amanhã. Eles dormem chateados e acordam de bem com a vida. Então se você pegar uma briga feia com eles algum dia, dê um tempinho pra eles digerirem tudo em seu recluso próprio para depois pedir desculpas.
Ah! Lembra que eu disse que ele nunca esqueceu do conselho da mãe dele? Então. Talvez ela seja um problema na sua vida. O nativo de câncer na grande maioria das vezes é altamente apegado a suas mães, uma verdadeira veneração. Então vai demorar (e talvez nunca) para ele destroná-la do posto de rainha. Vez ou outra ele vai te bombardear com: "Minha mãe tempera assim...", "Minha mãe fazia desse jeito", "Minha mãe dizia que assim azeda mais rápido". E deve ser chato ouvi-lo te comparar com a sua sogra. Então se você não pode com o inimigo, já sabe né... o jeito é aliar-se a ela.
Here's the thing: o homem de câncer pode ter vários namoros ao longo de sua vida, mas pode, em nenhum deles, ter se sentido realmente apaixonado. Não é fácil para uma mulher estar a altura dos desejos desse cara. Ele conserva padrões elevados e, prestem atenção, la no fundo o que ele quer mesmo é se casar com uma mulher semelhante a que seu pai se casou. Ou seja, a mãe dele. E na realidade eles próprios possuem instintos maternais e, por isso, prezam pela sagrada instituição da família.
Um amor pra toda vida? O homem de câncer será uma excelente escolha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário